quinta-feira, 14 de abril de 2011

Amor E Revolução


 

Amor E Revolução

(Poema Sonhado)

Bons tempos aquele

Em que as pessoas se diziam:

Bom dia!

Boa tarde!

Boa noite!

Todos os dias.


 

Depois veio a revolução:

O primeiro amor

Fumar maconha

Beber cachaça

Militância política.


 

Então as pessoas,

Então se diziam:

Bom dia?

Boa tarde?

Boa noite?

Algum dia?

Copyright©tom Vital/20/10/1998


 


 


 

Um comentário:

  1. Ola querido poeta.
    Também sinto falta da cordialidade cotidiana, hoje em dia dizer um bom dia pode causar desconfiança. Mas o amor verdadeiro não está lá fora, nas mãos ou nos lábios de estranhos, está aqui dentro, vibrando numa harmonia incontrolavel, cabe à nós contagiar o mundo com nosso melhor amor.
    Parabéns pelo poema belíssimo.

    ResponderExcluir