sábado, 6 de outubro de 2012

O Chamado


O Chamado
Manhattan, Nova Iorque, 8 de dezembro,
De 1980, onze horas da noite...
Cinco tiros: Pum!Bam!Pum!Bam!Pum!
E o sonho acabava de vez
Os estampidos ecoaram mundo afora.
Em Belo Horizonte não foi diferente:
Um jovem, um adolescente, melhor dizendo,
Na noite anterior tivera um sonho sinistro
Sonhara sem saber com duas figuras
Que só anos mais tarde ele viria, a saber,
Que se tratava de dois arcanos.
O louco e o Eremita.

 

E justamente quando tirava
Ouro e cera do ouvido
Ouviu o chamado:
Vai Tom!
Vai Tom!
Ser Fazendeiro do ar.
Copyright©Tom Vital/05/10/2012

Um comentário: