quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Transiberiana Do Além


Transiberiana do Além
"Só existe um problema filosófico realmente sério:
É o suicídio."
Albert Camus
Cogito amiúde embarcar nesse trem

Mas, diacho só se vende passagem de ida

Ainda não emitem bilhete de volta.

Transiberiana Do Além a estrada de mão única

Easy Rider eterno

Estrada reta, sem curva e sem declive

Penso amiúde embarcar nesse trem


 

Nessa eterna e desconhecida viagem

Transiberiana Do Além

Penso amiúde embarcar nesse trem

Atravessar o portal brincar

Os três dias de carnaval

E depois voltar, bonachão e pimpão

E encontrar outro carnaval

Do lado de cá....

Transiberiana Do Além

Quero embarcar nesse trem

Mas diacho só se vende passagem de ida.

Acho que vou tomar mais uma dose de uísque

Provar mais um pastel de fubá

Tomar outra dose de uísque

Beliscar um torresmo de barriga

E escutar outra vez Mochileira

Na voz do Almir Sater

Quem sabe essa chuva não para...

Amanhã... Ah! Amanhã se não chover

O sol como sempre brilhará para todos

Indiferente do que aconteça na vida da gente

Pensando bem vou tomar

Mais uma dose de uísque

Diacho "Meus heróis morreram de overdose."

Eu também quero morrer assim...

Vera me passe a garrafa

Mate essa beata

Lamba esse prato

Guarde essas coisas

Hoje eu quero que você me mate

É de amor...

Transiberiana Do Além...Vai se fuuuudeeeeerrrrr.
Tom Vital/22/02/2008

Um comentário: