sábado, 5 de maio de 2012

Poeminha Safado

Poeminha Safado

Quem foi que disse

Que eu sou Deus?

Quem foi que disse

Que eu sou ateu?

Não sou nada

Não sou Pessoa!

Só uma pessoa

À toa à-toa...

Discípulo de Pessoa.


 

Não havia em meu quintal

No tempo de eu menino

Nenhum burro que falava

E nem em meu pé

Nenhuma laranja lima

Havia isso sim um calo

Que incomodava muito

No mindinho do pé esquerdo.


 

Quem primeiro sentou

Em meu colo

Foi a vizinha

Geninha

Um anjo azul

De faces rosadas

E asas quebradas.

Tínhamos ambos seis aninhos.


 

Não sou nada

Não sou Pessoa

Só uma pessoa

À toa à-toa...

Discípulo de Pessoa

E outros do mesmo

Naipe.

Copyright©Tom Vital/18/11/1999


 


 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário