sexta-feira, 27 de maio de 2011

Capricho


 


 

Capricho


 

Apenas a rosa não me basta

Quero deslizar feito lagartixa

Pelo menos uma vez...

Na pele morena daquela menina...

Quero a Margarida do jardim em frente.

Quero o lírio branco

Que nasce na beira do rio.

Quero a flor do maracujá

Que mamãe tanto amava.

Quero a orquídea-negra

Quero os gira-sóis de Van Gogh

E um pouco da áurea de mistério

Que envolvia o dândi Baudelaire

Se assim não for

Jamais direi:

Sou poeta!

Copyright© Tom Vital/22/07/2007

Um comentário:

  1. Caprichoso. Você já um poeta e tanto apenas com a rosa hihi.
    Beijo.

    ResponderExcluir