sexta-feira, 17 de junho de 2011

O Filho Do Carroceiro

O Filho Do Carroceiro.

Eu sou o filho do carroceiro.

Sou aquele que se diz agnóstico

Embora tenha sido criado

Sob os dogmas da Igreja Católica.


 

Eu sou o filho do carroceiro.

Sou aquele que não pretende ser

Nenhum artista profundo

Mas, que, com o martelo e a foice

Pretendia fazer a reforma do mundo.


 

Eu sou o filho do carroceiro.

Sou aquele que escreve torto

Em linhas retas.


 

Eu sou o filho do carroceiro.

Sou aquele que risca torto

Mesmo com o auxílio de uma régua.

Copyright Tom Vital/17/08/1987


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário